Imprensa

Ação prevê operações aeroagrícolas contra gafanhotos na Argentina

/ /

Autoridades nacionais da Argentina e da província de Salta (noroeste do país) alinhavaram nessa semana uma estratégia de monitoramento e combate a nuvens de gafanhotos que estão dizimando as lavouras da região (foto). O plano foi aprovado na quarta-feira (dia 4) pelo Comitê Provincial de Saúde Vegetal (Coprosave) e pelo Serviço de Saúde e Qualidade Alimentar Nacional (Senasa), durante uma reunião com os chefes das agências, na capital de Salta. A ação, que tem a participação também do Ministério do Meio Ambiente argentino, prevê, entre outras coisas, pulverizações aéreas contra os insetos.

Nuvens de gafanhotos têm atacado há meses agricultores na Argentina e o problema já ocorreu nas províncias de Chaco, Santiago del Estero e Tucumã. No último dia 30, uma nuvem de insetos com cinco quilômetros de comprimento atacou plantações em São José de Metán, ao sul da capital de Salta.