Imprensa

Aeroagrícola propõe serviço de brigada de incêndio com renda para hospital

/ /

   A formação de uma brigada aérea de combate a incêndios no sudoeste de Goiás, com destinação de recursos ao Hospital do Câncer de Rio Verde/GO. Esse foi o tema da reunião promovida ontem (dia 20), pela Aerotex Aviação Agrícola, no Sindicato Rural de Rio Verde. O encontro teve a participação de cerca de 15 produtores rurais e representante do Corpo de Bombeiros e a proposta foi formar o serviço para atender a área rural, que está tendo perdas significativas por incêndios no Estado.

   Trata-se de um serviço pago oferecido aos produtores, mas metade da renda deve ser revertida ao Hospital do Câncer. Conforme o sócio da Aerotex (e diretor do Sindag), Tiago Textor, o serviço deve funcionar a partir de setembro. “O foco não está sendo o lucro. Trata-se de uma forma de ajudar os agricultores e promover uma ação beneficente para a comunidade”, ressalta.

   Além da alta qualificação no trato de lavouras, a Aerotex conta com profissionais com larga experiência em operações de combate a incêndios florestais, com atuação reservas ambientais em todo o País. O período de seca no Centro-Oeste deve se estender pelo menos até outubro. Só em Goiás, desde maio o Estado registrou mais de 2 mil focos de queimadas.