Imprensa

Aeronaves x mosquitos nos EUA: região de Massachusets prepara ação com larvicidas

/ /

    O Departamento de Controle de Mosquitos do condado de Norfolk, no Estado norte-americano de Massachusets, divulgou na terça-feira (dia 12) o aviso de pulverização aérea contra larvas de mosquitos para 2019, em áreas úmidas de 25 municípios de seu território. As operações vão ocorrer entre abril e outubro, com uso de helicóptero, sempre que as condições climáticas permitirem. Como acontece todos os anos, o órgão também informou a lista de produtos a serem utilizados, tanto em seu site quando em ofícios aos Conselhos de Saúde de cada cidade. Nesse caso, abrangendo três tipos de larvicidas biológicos: Vector Bac G, VectoLex FG e Duplex-G.

    O combate a mosquitos com uso de aeronaves é feito nos Estados Unidos desde os anos 1920 e há pelo menos 50 anos é uma estratégia frequente das autoridades de saúde no país. Tanto com aplicação de inseticidas contra insetos adultos (usando os mesmos produtos que os fumacês terrestres), como no uso de larvicidas – inclusive como recurso da Defesa Civil em áreas de desastres como enchentes e furações (para prevenir a proliferação de insetos).

    Conforme os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDCs), vinculados ao Centro Nacional de Doenças Infecciosas Zoonóticas e Emergentes (NCEZID) dos Estados Unidos, só no Estado da Florida, as aplicações aéreas contra mosquitos abrangem todos os anos uma área 45 vezes maior do que o município de São Paulo. O órgão também tem em sua página um resumo de informações na forma de perguntas e respostas sobre o tema (veja AQUI).