Imprensa

Aerotex inicia brigada aérea contra incêndio, com renda para hospital

/ /

    A empresa Aerotex Aviação Agrícola, de Rio Verde/GO, começou a operar no último sábado (dia 1º) possivelmente primeiro serviço (privado) de brigada aérea de combate a incêndio em lavouras no País. Durante todo o mês de setembro, a empresa manterá a prontidão de dois aviões, com dois pilotos e um técnico para apoio em solo. Metade da renda do serviço será destinada ao Hospital do Câncer de Rio Verde.

    A brigada aérea tem um raio de ação cobrindo o sudoeste goiano e a proposta do serviço havia sido oferecido aos produtores no último dia 20, em uma reunião no Sindicato Rural de Rio Verde. O encontro teve a participação de cerca de 15 produtores rurais e representante do Corpo de Bombeiros. “Os produtores acreditaram na ideia e se uniram ao projeto”, ressalta o gestor de Segurança Operacional da Aerotex (e diretor do Sindag), Tiago Textor.  

    Além da alta qualificação no trato de lavouras, a Aerotex conta com profissionais com larga experiência em operações de combate a incêndios florestais, com atuação reservas ambientais em todo o País. O período de seca no Centro-Oeste deve se estender pelo menos até outubro. Só em Goiás, desde maio foram registrados mais de 2 mil focos de queimadas.

Equipe de prontidão tem dois aviões, dois pilotos e um técnico