Imprensa

Artigo ensina a calcular perda por amassamento nas pulverizações terrestres

/ /

      O site Mais Soja publicou nessa quarta-feira (dia 7) um artigo mostrando como calcular a perda nas lavouras causadas pelo amassamento dos rodados de equipamentos terrestres de pulverização. O texto apresenta uma metodologia que pode ser aplicada em diversas lavouras e considerando os diversos tipos de equipamentos terrestres existentes hoje no mercado. A fórmula leva em conta desde a largura dos pneus do trator, reboque ou autopropelido até o tamanho das barras de pulverização, considerando também a densidade e produtividade da cultura, além do preço do produto por hectare.

      O artigo é assinado agrônomos Mateus Zanatta, consultor da Agroservice & AgroResearch Pesquisa e Consultoria, e Erlei Melo Reis, professor do Programa de Pós-Graduação da Universidade de Buenos Aires, na Argentina. Além de uma ferramenta de auxílio para quem possui equipamentos terrestres, ironicamente, também acaba servindo de ferramenta para o produtor que considera optar pela aviação agrícola, que não produz amassamento. E para o próprio operador aeroagrícola, na hora de argumentar sobre as vantagens econômicas da pulverização aéreas – nesse caso somada a outras vantagens, como rapidez, prepararo técnico da equipe e segurança.

      O portal Mais Soja é uma startup incubada na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), formada por engenheiros agrônomos e com a meta de revolucionar a informação no agronegócio. A página traz matérias e artigos sobre o tema e oferece cursos online para produtores, empresários e gestores.

Confira o artigo clicando AQUI

Cálculo do dano e da perda causados pelo amassamento dos pneus do equipamento de pulverização nas culturas da soja e do trigo