Imprensa

Assembleia reuniu associados de sete Estados e definiu nova diretoria

/ /

Representantes de 36 empresas aeroagrícolas – do Espírito Santo, Goiás, do Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins – participaram, na tarde dessa quinta-feira, da Assembleia Geral do Sindag. O encontro ocorreu no auditório do Hotel Master Premium Royal, em Porto Alegre/RS e elegeu a diretoria do sindicato aeroagrícola para o biênio 2017/2019. O ex-presidente Nelson Paim e o presidente Júlio Kämpf, que dividiram a atual gestão, ficando um ano cada um no comando da entidade, agradeceram o apoio dos associados e enfatizaram a grande presença de associados (foi uma das maiores reuniões dos últimos tempos)

Kämpf (Terra Aviação Agrícola/RS) foi reeleito no comando da entidade, tendo como vice Nelson Coutinho Peña (Mirim Aviação Agrícola/RS). O paulista Bruno Ricardo de Vasconcelos (Sana Agro Aérea/SP) ficou como secretário, enquanto a tesouraria ficou com Francisco Dias da Silva (KL Aviação Agrícola/RS).

O restante da nominata ficou assim:

SUPLENTES

Cristiano Juliani

Foliar Aviação Agrícola/GO

Mauro Moura

Centroar Agro Aerea/GO

Marco Antônio Camargo

Itapororó Aviação Agrícola/RS

Tiago Magalhães

Tangará/SP

CONSELHO FISCAL

Valdinei Silva de Paula

Vimaer Aviação Agrícola/RS

Mário Augusto Capacchi

Aerodinâmica/RS

Tiago Textor

Aerotex/GO

SUPLENTES

Marcelo Amaral

Pachu Aviação Agrícola/SP

Alexandre de Lima Schramm

Stal Aviação Agrícola/MG

Jorge Humberto Morato de Toledo

Imagem/SP

Além da eleição, a Assembleia teve a prestação de contas da última gestão e das estratégias para os próximos anos. O grupo também definiu a nova forma de gestão do sindicato, que terá a partir de agora grupos e trabalhos por temas a serem tratados junto a ANAC, Ministério da Agricultura e outros órgãos. A ideia com isso é dividira a carga das frentes de atuação, ao mesmo tempo em que se multiplica os esforços e a participação dos empresários – mesmo quem não compõe a diretoria pode integrar os grupos.

A plenária também discutiu as propostas de convenções coletivas apresentadas pelo SNA, Sinaero e Sintargs, bem como teve uma apresentação dos preparativos para o Congresso Sindag Mercosul e Latino-Americano, que vai ocorrer em agosto, em Canela/RS. Isso entre outros assuntos.