Imprensa

Associados do Sindag contam com assessoria sobre tecnologias de aplicação

/ /

    Entre os serviços exclusivos para seus associados, o Sindag conta desde março com a parceria do Consultor Henrique Borges Neves Campos. Doutor em Agronomia e um dos fundadores da Sabri – Sabedoria Agrícola, Campos faz parte do time de assessores técnicos do sindicato aeroagrícola e atende os empresários esclarecendo dúvidas sobre tecnologias de aplicação. O quem abrange dicas genéricas baseadas em informações acumuladas nas chamadas clínicas de aviação agrícola e em dias de campo realizados no Brasil e no exterior, além de novidades em todo o mundo sobre precisão e segurança nas operações.

    “Por exemplo, o que tem dado certo em aplicações de fungicidas – o que o pessoal tem feito, qual tamanho de gota, qual largura de faixa, quais distâncias de segurança. Ou dicas para quando o operador migra de uma aeronave menor para um turboélice e precisa ajustar bicos e tamanho de gotas. Ou ainda o contrário, quando, por exemplo, não se pode usar um bico de alta velocidade e, uma aeronave que não é tão rápida”, enumera o consultor.

    Segundo Campos, o foco é principalmente contribuir com a segurança do setor. “E muitas dúvidas são esclarecidas a partir dos artigos em nossa coluna no site do Sindag.” Aliás, o convênio com o sindicato aeroagrícola prevê também a realização de duas Academias de Aplicação durante o ano – dirigida a associados e em datas e locais ainda a serem estabelecidos, o auxílio à entidade com pareceres para audiências públicas e debates técnicos e o atendimento aos associados durante o Congresso da Aviação Agrícola do Brasil 2019.

    Além disso, Henrique será também um dos palestrantes do evento aeroagrícola, que ocorrerá entre 30 de julho e 1º de agosto, em Sertãozinho/SP. E os associados também podem conferir mais dicas técnicas no canal da Sabri no YouTube (clicando AQUI). Para os casos mais específicos e complexos, a opção são as clínicas de aviação agrícola, onde a Sabri faz a avaliação por equipamentos e por aeronave, indicando quais a melhores configurações e regulagens para cada situação. Nesse caso, contratada por cada operador interessado.

Boa parte das dicas são a partir de experimentos e clínicas aeroagrícolas realizadas no Brasil e no exterior

Henrique Campos também atenderá os associados do sindicato no Congresso da Aviação Agrícola, onde fará ainda uma palestra sobre o tema