Imprensa

Aviação agrícola argentina é solicitada para combate a mosquitos em Córdoba

/ /

A aviação agrícola argentina teve papel decisivo no combate ao mosquito Aedes aegytpi na cidade de Laboulaye, província de Córdoba. No último dia 19 de novembro, as operações abrangeram 2 mil hectares, desde o centro até o subúrbio da cidade.

A aplicação aérea foi solicitada pela própria Vigilância Sanitária do município e os operadores cobriram metade da área gratuitamente e cobraram 60% do custo da operação sobre a metade restante.

O próprio chefe da Vigilância Sanitária, Sergio Magra, deu entrevista ao grupo Córdoba Vive (internet, rádio e canal a cabo) no dia anterior, defendendo a pulverização e tranquilizando os moradores. O diretor ressaltou a segurança da aplicação, destacando que o produto usado é autorizado pelo Serviço Nacional de Sanidade (SENASA) e praticamente inócuo para as pessoas e animais domésticos.

Magra também ressaltou a parceria dos operadores aeroagrícolas envolvidos na operação.

Segundo a Federação Argentina de Câmaras Agroaéreas (FEARCA), a ação em Laboulaye apenas reforça o compromisso da entidade e suas câmaras parceiras na política de saúde pública do país. O setor colocou à disposição dos governos federal e das províncias mais de 500 aviões à disposição para operações contra mosquitos.

Clique AQUI para conferir a entrevista de Sergio Magra

argentina-mosquitos