Imprensa

Aviação agrícola é destaque na revista Agrocampo

/ /

    As vantagens, importância e o tamanho da aviação agrícola brasileira são destaque na matéria de capa da última edição da revista Agrocampo, de Cruz Alta/RS. A publicação que está chegando esta semana aos assinantes e venda avulsa, também marca presença na 25ª Agrishow, em São Paulo. A reportagem de quatro páginas, mais duas de apresentação da empresa DP Aviação (de Cachoeira do Sul/RS), abriu espaço também para o Sindag, abordando o crescimento da frota aeroagrícola e o ranking brasileiro, além de seus trunfos, como a eliminação das perdas por amassamento, capacidade para resposta rápida em emergências na lavoura e atuação em períodos chuvosos (onde o terreno lamacento dificulta o uso de tratores), sem falar na precisão e na vantagem da terceirização.

    Isso além de reportagens, sobre incremento na produtividade de soja, avanço no sistema de plantio direto, manejo de insetos-praga na entressafra, manejo em pecuária e vários outros temas. Além disso, a aviação agrícola também havia sido tema na edição anterior, em uma reportagem sobre semeadura aérea. Também destacando as vantagens da rapidez e ausência de dano em solo (principalmente devido ao tempo chuvoso). Isso a partir do trabalho das emrpesas KNA e Nativa Aviação Agrícola (Cruz Alta/RS) na semeadura de aéreas de nabo forrageiro, capim-sudão, milheto, aveia, azevém, ervilhaca, trigo mourisco e trigo duplo para o inverno.(veja AQUI).

Veja abaixo uma amostra da edição deste mês da Agrocampo: