Imprensa

Aviação agrícola: importância e segurança apresentadas a técnicos e estudantes no RS

/ /

   Evolução dos Aviões Agrícolas e Novas Tecnologias foi o tema da palestra do empresário aeroagrícola e diretor do Sindag Marcos Antônio Camargo, na última semana, em Alegrete/RS. O encontro foi na quinta-feira (25) à noite e reuniu cerca de 120 pessoas (entre agrônomos, técnicos agrícolas, produtores rurais e estudantes) no hangar da empresa Itagro Aviação Agrícola. A palestra integrou a 4ª Semana dos Engenheiros Agrônomos, promovida pela Associação dos Engenheiros Agrônomos de Alegrete (AEAA) e terminou com um jantar oferecido no local pela Itagro.

   Além da empresa, o encontro teve apoio do Sindag, da Sociedade de Agronomia do Rio grande do Sul (Sargs), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio grande do Sul (Crea/RS) e da Caixa Assistência dos profissionais do sistema Confea-Crea (Mútua-RS).

Público de agrônomos, técnicos, produtores e estudantes foi recebido no hangar da Itagro

   Camargo falou sobre a importância da aviação agrícola para a produtividade e sustentabilidade das principais lavouras existentes no País, além da segurança do setor e dos avanços tecnológicos da atividade. Ele abordou também a legislação e projetos como o programa Certificação Aeroagrícola Sustentável (CAS) – do qual a Itagro foi uma das primeiras empresas a alcançar grau máximo de certificação.

   Mais do que isso, Camargo ressaltou aos produtores e técnicos as vantagens financeiras para quem investe na aviação, como o aumento de produtividade, prevenção das perdas por amassamento e compactação do solo e o uso mais racional dos próprios insumos. Fatores que, na ponta do lápis, ganham uma dimensão maior ainda quando se trata de empresas que investem em tecnologia de ponta e aeronaves dimensionadas para cada tipo de operação.