Imprensa

Aviação agrícola será usada contra capim invasor em reserva nos EUA

/ /

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos deve autorizar nos próximos dias a colocação em prática de um plano que prevê a pulverização aérea de herbicida para deter um capim invasor na Floresta Nacional de Bridger-Teton, a cerca de 40 quilômetros da cidade de Jackson, no estado norte-americano do Wyoming. A alternativa vinha sendo estudada há dois anos e o foco é eliminar o cheatgrass (Bromus tectorum), um tipo de capim nativo da Europa, sudoeste da Ásia e norte da África e que se tornou invasor em diversas partes do mundo, como planta daninha.

Nos Estados Unidos, além de ocupar o espaço de plantas nativas, o cheatgrass está relacionado ao aumento da frequência de incêndios em reservas – onde a mudança da característica vegetal torna o ecossistema mais suscetível ao fogo. Além disso, o capim também prejudica o habitat do tetraz cauda-de-faisão, o maior galo silvestre da América do Norte.

O projeto com o respectivo estudo de impacto ambiental prevê ações para os próximos 15 anos. O foco é o tratamento anual de 8 mil hectares da reserva com imazapic e rimsulfuron, sendo de 2 mil a 6 mil hectares de floreta com aplicações aéreas. O processo está em consulta pública até essa terça-feira (12).

Clique AQUI para conferir a notícia no Jackson Hole News & Guide

Um dos objetivos da medida é diminuir a suscetibilidade da reserva ambiental a incêndios – Fotos: U.S. Forest Service