Imprensa

Aviação, produção e meio ambiente foram tem de encontros no RS

/ /

    O empresário Alan Poulsen representou o Sindag na última semana em dois debates de interesse do setor aeroagrícola em Rio Grande/RS. O primeiro deles foi na terça-feira (12), em um bate-papo na Rádio Estação Quinta 98.5 FM, sobre o Projeto de Lei que institui o Plano de Controle e Monitoramento de Agrotóxicos no âmbito do Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional do Município. Poulsen integrou uma comitiva de diversos representantes do setor produtivo de Rio Grande, que relacionaram uma série de problemas de ordem prática a proposta da prefeitura.

    A questão sobre o Projeto de Lei do Executivo se arrasta desde o ano passado e os produtores e outras entidades reclamam que a proposta que tramita na Câmara foi elaborada de forma unilateral. Sem discordar da iniciativa de garantir a preservação ambiental no Municípios, agricultores, irrigantes e outros setores reclamam, por exemplo, da falta de clareza quanto aos parâmetros que se pretende utilizar para avaliar a segurança das atividades produtivas.

TAIM
    O outro compromisso de Poulsen foi na reunião ordinária do Conselho Consultivo da Estação Ecológica do Taim, na qual o Sindag tem assento. Sobre a aviação agrícola, o encontro reforçou as regras definidas este ano para uso de aviação agrícola nas áreas de amortecimento próximas ao Taim – definidas com aval do ICMBio (que administra a área) e das entidades que compõem o grupo.

    Além de ter assento no Conselho do Taim, o Sindag também é uma das 20 instituições que integram o Conselho Consultivo da Reserva Biológica do Mato Grande, no município de Arroio Grande/RS, e no Conselho do Parque Estadual do Espinilho, em Barra do Quaraí, no sudoeste do Estado.

Na rádio em Rio Grande, o tema foi o projeto da Prefeitura…

… já no Taim, a reunião sacramentou acordos para garantir a sustentabilidade