Imprensa

Brasil envia aviões para auxiliar no combate a incêndios no Chile

/ /

Duas aeronaves Hércules C-130, da Força Aérea Brasileira (FAB), partiram neste domingo para ajudar no combate aos incêndios florestais no Chile. Os aviões decolaram pela manhã, da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro e seguiram direto até a capital, Santiago, com 28 militares.

Um dos Hércules seguiu equipado com o Sistema Modular de Combate a Incêndios (MAFFS, na sigla em inglês). Trata-se de um sistema embarcado com cinco tanques de água, somando 12 mil litros. Dois tubos projetam-se pela porta traseira do avião e, a uma altura média de 46 metros de altura, despejam água sobre as áreas de incêndio.

O outro C-130 levou os materiais de suporte, como compressor, piscinas para abastecer de água a aeronave principal e equipamentos de manutenção.

Segundo boletim divulgado sábado pelo governo chileno, são 110 incêndios florestais ativos no país e o número de mortos pelas chamas já subiu para 11. As regiões mais afetadas são o centro e o sul do país e o fogo já devastou 374 mil hectares.

Nos últimos dias, o Chile pediu ajuda a diversos países e está recebendo equipes também da França e México.

Esta é a segunda vez em três anos que o Brasil envia ajuda para operações contra incêndios no Chile. Em 2014, além de um avião da FAB, uma empresa aeroagrícola brasileira também havia deslocado para lá um Air Tractor AT-802.

Veja AQUI a matéria publicada pela Agência Brasil…