Imprensa

Brigada da Aerotex apresenta balanço em café da manhã com produtores e autoridades

/ /

A empresa Aerotex Aviação Agrícola, de Rio Verde/GO, promoveu na terça-feira (19) um café da manhã com produtores e autoridades para apresentação oficial do balanço das ações da Brigada Aérea de combate a incêndios da empresa. O encontro foi na sede do Sindicato Rural do Município e o diretor da Aerotex, Ruy Alberto Textor destacou o incremento nas atividades da Brigada em relação ao ano anterior, fechando 2019 com 220 horas de voo, 1050 lançamentos somando 630 mil litros de água no combate às chamas e R$ 158.469,00 reais divididos entre a Associação Beneficente Auta de Souza (Abas)Associação Beneficente André Luiz – Lar dos Vovôs, Escolas Dunga de Ensino Especial e Bom Pastor e Casa de Recuperação de Rio Verde, além da Patrulha Rural da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Estadual.

Em 2018, seu primeiro ano de funcionamento, a Brigada da Aerotex havia atuado apenas por um mês (período estendido para três meses este ano). Na ocasião foram 44 horas voadas, com 220 lançamentos que somaram 132 mil litros de água no combate a incêndios. Na época, R$ 45 mil foram doados para o Hospital do Câncer de Rio Verde. Conforme Textor, para o ano que vem já ficou definido que 40% do valor arredado será destinado para doações e que os plantões irão novamente de julho a setembro, iniciando com duas e aumentando para até cinco aeronaves.

Além da prestação de contas, o café com os produtores serviu para uma avaliação de pontos fortes e possíveis melhoria necessárias nas operações para o próximo ano. Além da questão ambiental – com diversos incêndios combatidos dentro e antes de chegarem a áreas de mata, as apresentações destacaram também a diminuição dos prejuízos com a queima da palhada (que gera perdas de até cinco sacas por hectare).

Além disso, parte do dinheiro arrecadado foi revertido em segurança para os próprios agricultores: o recurso repassado à Patrulha Rural foi utilizado na compra de um drone e placas de identificação para as propriedades rurais – para agilizar o atendimento em caso de acionamento dos policiais.