Imprensa

Câmara de Insumos indica crescimento de área na próxima safra

/ /

   O assessor parlamentar do Sindag em Brasília, José Cordeiro de Araújo, representou o sindicato aeroagrícola nessa segunda-feira (3) na reunião ordinária da Câmara Temática de Insumos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O encontro ocorreu á tarde, na sede da entidade, na capital federal. Embora sem temas envolvendo diretamente a aviação agrícola, houve apresentações abordando custos de produção nas lavouras arrozeiras e indicativos de aumento nas áreas para a próxima safra.

   No caso do arroz, a fala foi do vice-presidente da Federarroz, Alexandre Velho, que destacou o peso da energia elétrica como insumo no setor. Já a Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda) apresentou dados o aumento do volume de fertilizantes já entregue aos produtores, em relação à safra passada, enquanto a Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio) apontou um aumento de demanda também de defensivos biológicos.

PREOCUPAÇÃO

   Por outro lado, no setor de máquinas agrícolas a dor de cabeça é justamente por conta da demanda que se desenha, frente a uma provável falta de recursos para o financiamento. Por conta disso, a Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores deve apresentar um pleito nesse sentido, a ser encaminhado pela Comissão ao Ministro da Agricultura.

Reunião ocorreu segunda, na sede do Mapa, em Brasília

   Fechando o encontro, o chefe da Divisão de Agricultura de Precisão e Novos Insumos do Mapa, Fabrício Juntolli fez uma palestra sobre a agricultura de precisão, suas potencialidades, realidade atual do setor e os esforços do Ministério para seu fomento. A Câmara Temática de Insumos reúne representantes de importantes entidades do agro no País. O Sindag integra o grupo desde fevereiro deste ano e o colegiado segue agora no aguardo da designação de seu presidente durante o mandato da nova ministra da Agricultura, Tereza Cristina Dias (que toma posse em janeiro.

   A expectativa do grupo é que a ministra aceite a sugestão da plenária, de que a função permaneça com o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato. A Câmara Temática também já agendou seus encontros para 2019: 18 de março, 17 de junho, 16 de setembro e 2 de dezembro. E em casos de convocação extraordinária, conforme a necessidade.