Imprensa

Currículo com reforço no inglês foi tema de debate no Cenipa

/ /

   A possível mudança no currículo para formação de mecânicos de aviação foi um dos tópicos na pauta da reunião da Comissão de Manutenção de Aeronaves do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cena a), ocorrido na última quinta-feira (30), em Brasília. O encontro foi na sede do órgão na capital federal e o Sindag foi representado pelo diretor Alexandre Schramm. Um dos destaques da reunião foi o debate sobre a formação do mecânico foi na maior exigência da língua inglesa, principalmente para compreensão dos manuais das aeronaves importadas – comuns inclusive na aviação agrícola.

   Conforme Schramm, a discussão com relação ao currículo não foi conclusiva, mas o grupo sugeriu formas de incentivas as próprias escolas de formação investirem no curso ou incentivassem seus alunos a procurar a capacitação paralelamente. Principalmente sobre inglês técnico. Outro ponto de destaque na pauta foi o pedido dos participantes para que o Cena a intercedesse junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para se estudar a criação e um exame médico para a área de manutenção. A ideia é reforçar, assim, um pedido que já havia feito pelo próprio grupo à Anac.

   O encontro, que discutiu também outros assuntos, teve a participação ainda de representantes de empresas de aviação comercial, fabricantes de aeronaves, órgãos estaduais da área de segurança e outras entidades.