Imprensa

Curso de transição para turbina formou a primeira piloto de Air Tractor do Brasil

/ /

   O curso de transição de motor a pistão para turboélice, promovido em Catanduva/SP pela DP Aviação em parceria com a Pachu Aviação Agrícola, teve uma novidade em sua 14ª edição, na última semana: formou a primeira mulher piloto de Air Tractor do Brasil. Laura Ramos de Lima, 29 anos, estava entre os 13 participantes do curso, que ocorreu de segunda a terça-feira (dias 13 a 15). Formada em 2012 pelo Curso de Piloto Agrícola (Cavag) da Aeroagrícola Santos Dumont – em Cacheira do Sul/RS, Laura trabalha atualmente para a Risa S/A, no Maranhão.

   A empresa (que possui fazendas de soja no Estado e também no Piauí) utiliza aeronaves a pistão, mas este ano está adquirindo turboélices norte-americanos e por isso enviou Laura para o curso de transição. Conforme o sócio-gerente da Pachu Aviação, Marcelo Amaral, a compra de aeronaves turboélices agrícolas têm aumentado consideravelmente no País, o que tem refletido da demanda pelo curso de transição. “Essa foi a terceira turma, estamos iniciando outra e talvez ainda tenhamos uma quinta até o final do ano”, completa.

   Voltado para profissionais que desejam efetuar a transição de aeronaves pequenas a pistão para os grandes turboélices Air Tractor, o curso em Catanduva é o único na América Latina com voos em aeronave de duplo comando (um avião AT-504), ao invés de um simulador. Para quem quiser saber mais sobre o curso, o contato é pelos fones (51) 3723-0345, (51) 99947-0782 ou pelo e-mail leila@dpaviacao.com.br.

Treze pilotos de todo o País participaram do curso na última semana

Treze pilotos de todo o País participaram do curso na última semana

Aprendizado teve três dias em sala de aula e o último dia foi de prática com aeronave biplace

Marcelo Amaral (Pachu Aviação Agrícola), Laura Lima e Diego Preuss (DP Aviação)