Imprensa

Deputado paraguaio propõe pulverização aérea contra mosquitos em seu país

/ /

    No Paraguai, o deputado Edgar Ortiz anunciou este mês que irá apresentar um projeto que lei para autorizar o Serviço Nacional de Erradicação da Malária (Senepa) do país a realizar pulverizações aéreas contra o mosquito Aedes aegypti. Segundo ele, a medida é necessária porque os casos de dengue seguem aumentando entre a população paraguaia, ao mesmo tempo em que o engajamento das pessoas nas ações de prevenção não tem sido suficientes para fazer frente ao problema.

    Além de prever a participação mda Força Aérea Paraguaia nas ações, o projeto também pretende autorizar funcionários das prefeituras a entrarem em terrenos baldios para fazer a limpeza desses locais e ainda aplicarem pesadas multas a seus proprietários. A medida prevê também pulverizações por terra em locais mais infestados, como a província de Itapuã (que é a de origem do parlamentar).

    Perguntado sobre os custos das operações áreas no comparativo com as terrestres, o parlamentar é categórico: “Em pulverizações terrestres, estamos perdendo (a guerra contra o mosquito). Então que custo vamos analisar? O que temos que ver é que estamos em uma emergência”, comentou, em uma entrevista para o telejornal Notícias Paraguai.

    Inicialmente, Ortiz anunciou que apresentaria o porjeto na sessão do último dia 8, o que acabou não correndo ainda, já que a senadora Desiree Masi apresentou um projeto declarando Emergência Sanitária no país vizinho ao Brasil por 90 dias, devido à epidemia de dengue

    O Paraguai registrou seis mortes por dengue em 2018

Veja a reportagem na TV paraguaia: