Imprensa

Dia de campo mobiliza autoridades, profissionais e estudantes no ES

/ /

    A quinta-feira (dia 5) foi de palestras e demonstrações práticas da aviação agrícola em São Mateus, no Espírito Santo, com o Dia de Campo e Ciclo de Palestras sobre Tecnologia de Aplicação de Defensivos Agrícolas. A programação ocorreu na Fazenda Experimental e no Auditório do campus da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) no município. A promoção foi da UFES e do Grupo Agricultura Forte ES, com apoio do Sindag, das empresas Aeroverde e Aeroterra Aviação Agrícola e da Fibria.

    A movimentação ocorreu durante todo o dia e começou às 7 horas, pela demonstração, na Fazenda Experimental. Um avião da Aeroterra realizou uma aplicação aérea sobre uma linha transversal de papeis hidrossensíveis, de modo que o grupo pôde visualizar exatamente o alcance lateral da faixa pulverizada – comprovando a precisão do avião em uma lavoura.

    Em seguida, o público – composto de autoridades, produtores rurais, estudantes de Agronomia e outros convidados – foi para o Auditório, onde ocorreram as palestras. O secretário executivo do Sindag, Júnior Oliveira, falou sobre as perspectivas e segurança da aviação agrícola brasileira, enquanto o coordenador em aviação agrícola da Aeroverde, Felipe Sepulcri Diniz, abordou a importância da aplicação aérea na região.

    Por parte da universidade, os professores Marcelo Barreto, Ednei Leandro da Vitória e Alexandro Facco palestraram, respectivamente, sobre a evolução do controle químico, tecnologia de aplicação e segurança e sobre agricultura de precisão. Além de uma mesa redonda com os participantes, o público teve ainda uma avaliação técnica dos resultados captados em campo na demonstração da manhã.

PARTICIPAÇÃO

    Conforme o empresário Sérgio Bianchini, da Aeroverde, o evento foi extremamente satisfatório do ponto de vista da informação levada a autoridades e estudantes. “No entanto, sentimos a falta dos representantes do Ministério Público Estadual e de vereadores locais, apesar de terem sidos pessoalmente convidados.” Por outro lado, Bianchini enfatizou a importância da presença também do Ministério da Agricultura e do próprio Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), “além do deputado Freitas (do PSB, membro da Comissão de Agricultura da Assembleia capixaba) e outras autoridades” (veja nas fotos abaixo).

    “As palestras foram muito esclarecedoras e a própria demonstração prática foi importante porque os presentes puderam visualizar o quanto a faixa de aplicação é precisa quando feita por avião”, completa Bianchini. Ele ressaltou que o próximo passo do grupo será a realização de visitas institucionais aos convidados que não puderam participar do encontro, a fim de levar a informação apresentada na última semana. Além disso, também já está alinhavada a participação da aviação agrícola na Agro +, feira que deverá ocorrer em julho voltada aos produtores e onde se espera novamente demonstrar a tecnologia aérea.

Felipe Diniz (Aeroverde), Fernanda Marinh (Agricultura Forte), Junior Oliveira (Sindag), Edvaldo Permaneane (presidente do Agricultura Forte)

Oliveira com representantes da Aeroverde e Aeroterra

Marcelo Barreto (professora da UFES), Santo Dymmi Barbosa (superintendente do Ministério da Agricultura no ES), Oliveria (Sindag), deputado José Eustáquio de Freitas (Comissão de Agricultura da AL/ES), …. e Leonardo Correa da Silva (Aeroterra)

Diniz explicou a dinâmica da demonstração aérea

Imprensa local cubriu o evento

Diniz palestrou sobre a importância da aplicação aérea na região

Autoridades, empresários, pilotos, produtores rurais e estudantes acompanharam as demonstrações

Imprensa local cubriu o evento

Público pôde comprovar na prática a precisão das operações aéreas

Oliveira falou sobre as perspectivas e a segurança da aviação agrícola brasileira