Imprensa

Dirigentes do Sindag e SDA/Mapa conversam sobre maior abrangência nas fiscalizações

/ /

    O pedido de maior fiscalização do setor aeroagrícola por parte do Ministério da Agricultura e os preparativos para a participação do órgão no Congresso da Aviação Agrícola do Brasil – que vai ocorrer de 30 de julho a 1º de agosto, em Sertãozinho/SP – foram temas na pauta do encontro entre o presidente do Sindag, Júlio Augusto Kämpf, o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, José Guilherme Tollstadius Leal, ocorrido nessa quarta-feira (27). A reunião foi na sede do Ministério, em Brasília, com a participação também do assessor especial da ministra Tereza Cristina, Aroldo Ferreira Corrêa Júnior. Kämpf estava acompanhado do diretor-executivo do sindicato aeroagricola, Gabriel Colle.

    Conforme o presidente do Sindag, o objetivo é maior proximidade com a pasta, primeiro, para orientações e apoio às empresas. E, segundo, para que, intensificando as fiscalizações, se evite a presença de maus profissionais no setor aeroagrícola, previna-se a necessidade de multiplicidade de fiscalizações por órgãos não diretamente ligados ao setor (e sem conhecimento de suas rotinas) e se respalde perante a sociedade o trabalho de boas práticas realizados pelos operadores.

    O que, aliás, ocorre nesta semana em São Paulo, onde o Ministério da Agricultura e a Agência Nacional de Aviação Civil está passando em diversas empresas para conferir operações, instalações, equipamentos e documentação. “Queremos que as visitas dos fiscais ocorram em todos os Estados”, assinala Kämpf. A comitiva aeroagrícola também aproveitou para entregar a Leal e Correa a última edição a revista Aviação Agrícola, onde um dos destaques é justamente uma entrevista com Tereza Cristina – que também recebeu um exemplar.

Aroldo Corrêa, José Guilherme Leal, Júlio Kämpf e Gabriel Colle tiveram encontro nessa quarta