Imprensa

Embraer cria protótipo de avião elétrico a partir do Ipanema

/ /

Embora o foco agora não seja o trabalho agrícola, modelo foi escolhido por ser o ideal em agilidade e custo na adaptação para um demonstrador 

A Embraer divulgou nesta semana as primeiras imagens de seu protótipo de avião elétrico baseado no modelo agrícola Ipanema. O modelo ainda não tem nome específico e também ainda não voou – a primeira decolagem está prevista para 2020. A própria matrícula do aparelho, PR-ZXW, ainda está em reserva de marca

Os próximos meses ainda serão de testes para integração do sistema de motor e baterias – que serão fornecidos pela multinacional brasileira Weg, além do sistema de arrefecimento, a cargo da norte-americana Parker Aerospace. Segundo a Embraer, a opção pela plataforma do Ipanema se deu pelo fato dela ser a que teria adaptação mais rápida e barata para os testes, com o uso dos espaços do hopper e dos tanques de combustível para os sistemas auxiliares.

No entanto, ao menos por hora, o foco da empresa não é criar um avião elétrico para o trabalho aeroagrícola. Embora haja especulações no mercado quanto à busca por uma alternativa para o táxi aéreo (tendo em vista uma parceria com a Uber), a empresa brasileira considera o modelo apenas um demonstrador da nova tecnologia. Também segundo a Embraer, o desenvolvimento de novos motores para um avião 100% elétrico será tecnologia totalmente nacional, não fazendo parte do acordo de fusão com a norte-americana Boeing.

Clique AQUI para ver a notícia no portal UOL

Por enquanto, não voa: integração de sistemas ainda deve ser testada em laboratório antes da primeira decolagem, prevista para 2020