Imprensa

Embrapa firma parceria para sistemas por satélite

/ /

Acordo poderá  beneficar a aviação agrícola a médio prazo

   Um acordo de cooperação técnica firmado na última sexta-feira (7) entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Visiona Tecnologia Espacial (uma joint-venture entre a Embraer e a Telebrás) prevê o desenvolvimento em conjunto de sistemas inteligentes que combinam tecnologia espacial com sistemas informatizados aplicados à agricultura. O que abre caminho também para novas soluções e sistemas voltados para a aviação agrícola. A solenidade ocorreu na sede da Embrapa em Brasília e teve a presença, com a presença do presidente da Embrapa Sebastião Barbosa e do presidente da Visiona, João Paulo Campos.

   Segundo Campos, a parceria busca fortalecer e ampliar o desenvolvimento de sistemas que demandem dados e informações fornecidos por satélites. O foco agora será identificar as oportunidades e projetar soluções baseadas em tecnologias espaciais integradas a sistemas computacionais. O presidente destaca ainda que as tecnologias vão permitir avanços no mapeamento e monitoramento de áreas de produção agrícola e pecuária, além de áreas de conservação e ecossistemas ambientais.

AVIAÇÃO AGRÍCOLA

   A assinatura gera expectativas também no setor aeroagrícola, já que ocorre paralela às tratativas entre o Sindag e a Embrapa para a continuidade do programa de pesquisas voltadas para a aviação agrícola. Neste caso, em continuidade ao projeto realizado entre 2013 e 2017 (que foi a maior pesquisa já realizada no país sobre tecnologias de aplicação). No entanto, o foco agora é um acordo para mais quatro anos de pesquisas – a pedido do Sindag, com ênfase em sistemas para controle de deriva. A proposta de minuta da nova parceria deve ser protocolada em janeiro na Embrapa.