Imprensa

Embrapa tem novo presidente

/ /

   A quarta-feira (10) teve a posse do novo presidente da Embrapa, em Brasília. A entidade, que é parceria do Sindag para projetos de tecnologias aeroagrícolas, agora é comandada pelo pesquisador Sebastião Barbosa. A solenidade ocorreu no Salão Nobre do Palácio do Planalto, com a presença do presidente da República, Michel Temer, dos ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, e da Casa Civil, Eliseu Padilha, do secretário-executivo do Mapa, Eumar Novacki, e do ex-presidente Maurício Lopes, que transmitiu o cargo.

Sebastião Barbosa assumiu na quarta-feira – Foto: Carlos Silva/Mapa

   A principal tarefa do novo presidente será continuar a reestruturação da Embrapa, iniciada na gestão anterior. A entidade tem 10 mil funcionários, 42 unidades descentralizadas e um orçamento de R$ 3,34 bilhões (considerado pouco para suas atuais demandas). As tarefas de Barbosa incluem colocar a pesquisa mais próxima das necessidades dos segmentos da agricultura.

   “Hoje o Brasil exporta não só alimentos e fibras, mas conhecimento, tecnologia, produtos e serviços para outros países localizados nos trópicos. Temos papel fundamental na garantia da segurança alimentar do planeta. Temos melhor conhecimento do nosso território e nos orgulhamos do esforço que fizemos para a sua conservação usando apenas o mínimo necessário para uma agricultura tão eficiente, competitiva e sustentável”, afirmou o novo presidente em seu discurso de posse.

   Barbosa é engenheiro agrônomo, especialista em Entomologia (estudo dos insetos) e foi contratado pela Embrapa em 1976 para atuar em programas de controle e erradicação de pragas. Por 17 anos trabalhou na Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura (FAO), no Serviço de Proteção de Plantas, em Roma, Itália; e no escritório para a América Latina e o Caribe, em Santiago, Chile. Também foi coordenador de cooperação internacional da Embrapa e Chefe-Geral da Embrapa Algodão, centro de pesquisa localizado em Campina Grande, na Paraíba, além de outras atividades exercidas na estatal.

AVIAÇÃO

   O Sindag possui desde 2008 uma parceria com a instituição de pesquisa, com foco em iniciativas para aprimorar as tecnologias do setor. Foi nesse escopo que as duas entidades mantiveram o projeto Desenvolvimento da Aplicação Aérea de Agrotóxicos como Estratégia de Controle de Pragas Agrícolas de Interesse Nacional. A iniciativa ocorreu entre 2013 e 2017, envolvendo seis centros de pesquisa da Embrapa e 10 universidades parceiras, além de empresas de tecnologias. As pesquisas ocorreram em lavouras de soja, arroz e cana-de-açúcar no Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Posse ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença do presidente da República e outras autoridades – Foto: Carlos Silva/Mapa

Posse ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença do presidente da República e outras autoridades – Foto: Carlos Silva/Mapa

Posse ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença do presidente da República e outras autoridades – Foto: Carlos Silva/Mapa