Imprensa

EUA – pesquisa aposta no uso de geradores de vórtices para prevenir a deriva em aplicações aéreas

/ /

Uma pesquisa nos Estados Unidos constatou que o uso de geradores de vórtices (VGs, na sigla em inglês) nas asas dos aviões agrícolas ajuda a reduzir o risco de deriva. Comuns em aviões comerciais e aeronaves menores para dar aos pilotos melhor controle da aeronave, os VGs são pequenas aletas ou grampos de metal colocados aos pares ao longo da parte superior das asas, para direcionar o fluxo de ar.

Na aviação geral, eles têm a função de concentrar e direcionar a saída do fluxo de baixa pressão da parte de cima da asa, prevenindo o “turbilhão” da saída fluxo da parte de baixo da asa, que é de alta pressão, dá sustentabilidade à aeronave e tende a subir. Na aviação agrícola, segundo a pesquisa, o vórtice gerado pelo dispositivo tem ainda a vantagem de empurrar para baixo o spray das barras de pulverização do avião.

O estudo está a cargo da Unidade de Pesquisa em Tecnologias de Aplicação Aérea, do Departamento de Agricultura norte-americano (USDA), situado no Texas.

O trabalho começou há alguns anos e os primeiros resultados já estão chegando ao mercado. Tanto que alguns fabricantes de aeronaves agrícolas norte-americanos já incluem a novidade em seus modelos mais recentes e fornecedores de equipamentos estão vendendo kits VGs para instalação em modelos antigos.

Clique AQUI para ver a notícia na página do USDA

vgs-eua