Imprensa

Experiência em GO reforça importância da aplicação aérea de maturador na cana

/ /

    A empresa Aerotek Aviação Agrícola, de Quirinópolis/GO, participou de uma pesquisa com uso de aplicação aérea de maturador em cana-de-açúcar que resultou em ganho em torno de 20% em ATR na lavoura. A experiência foi realizada pela Fazenda Monte Azul, no município goiano de Gouvelândia, em uma plantação de cana da variedade RB579, utilizada na fazenda desde 2013. A RB579 já é por si só de alta produtividade, respondendo bem em regiões de várzea, encosta e região de tabuleiro.

    O ATR, ou açúcar total recuperável, é o índice que representa a qualidade da cana, indicando a capacidade da planta ser convertida em açúcar ou álcool. É fundamental para a valoração do produto colhido a partir de seu rendimento como matéria-prima.

    No caso da experiência em Goiás, o maturador aplicado pela Aerotek foi o Curavial, a uma taxa de 22 gramas por hectare. O trabalho teve ainda uma área de comparativo (testemunha) que não recebeu aplicação. O resultado, processado no início do mês, foi um ATR de 122,3 kg/ton na área aplicada aérea para 102,2 kg/ton na área testemunha. Ou seja, um ganho de 20,09 kg/ton.

    O sócio-gerente da Aerotek, Tiago Textor, destacou a importância do resultado para a fazenda, para a empresa e, indiretamente, destacando a importância da aviação na cana. “Temos orgulho em colaborar com resultados tão expressivos, que só refletem na prática a dedicação e o empenho empregados no dia a dia desse grande trabalho. Parabéns amigos e clientes Sebastião e João”, completou, referindo-se aos administradores da Monte Azul, Sebastiao Guimarães Carvalho e João Guimarães de Carvalho.