Sem categoria

Faltam 26 dias para Maringá ser a capital da aviação agrícola nacional

   Daqui a exatos 26 dias, Maringá será a capital do setor aeroagrícola nacional, com a realização do Congresso da Aviação Agrícola do Brasil. O evento é promovido pelo Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e vai ocorrer de 6 a 9 de agosto. A programação reunirá empresários, pilotos, produtores rurais, autoridades e pesquisadores, com palestras e debates sobre demandas e perspectivas do setor – no qual o País é a segunda maior potência mundial.

   O primeiro dia do Congresso terá demonstrações práticas de aviões, drones e equipamentos, no Aeródromo Recanto das Águias (10 km ao norte da cidade). Nos três dias seguintes, a movimentação seguirá no pavilhão principal do Parque da Sociedade Rural de Maringá, no bairro Vila Morangueira. As atividades ali ocorrerão em três auditórios, junto aos 100 estandes na mostra de equipamentos e tecnologias.

   Além da grande procura de empresas brasileiras que garantiram seu espaço, o evento este ano aumentou o quadro de participantes estrangeiras. “São pelo menos seis novos expositores vindo dos Estados Unidos, em comparação ao encontro aeroagrícola do ano passado”, comenta o diretor-executivo do Sindag, Gabriel Colle. “A edição 2017 foi em Canela, na Serra Gaúcha e já havia sido recordista e foi 30% menor do que está sendo previsto para Maringá”, completa.

   O evento também ganhou um dia a mais justamente para acomodar as exibições no aeródromo na primeira tarde da programação. Com diferenciais na maior variedade de tecnologias demonstradas e na coordenação técnica da mostra pelo consultor internacional Marcelo Drescher – que mediará o debate técnico sobre os resultados da mostra no dia 9, no auditório do Congresso.

   O Paraná possui a quinta maior frota do País, segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da Anac. São 136 aviões operador por 25 empresas aeroagrícolas (que prestam serviços para produtores) e 28 operadores privados (produtores ou cooperativas que têm seus próprios aviões).

   Lembrando que a participação no Congresso da Aviação Agrícola será somente mediante inscrição, que pode ser feita na página do evento. Ali também pode ser conferida a programação, empresas participantes, contato com a agência oficial do evento (para hotéis, passagens e translados) e outras informações  Clique AQUI para acessar.