Imprensa

Imagem Aviação assume contrato de combate a incêndios em São Paulo

/ /

A empresa Imagem Aviação Agrícola, de Monções/SP, é, desde o último sábado (dia 8), responsável por operações aéreas de combate a incêndios em apoio ao Corpo de Bombeiros de São Paulo. Segundo o sócio-gerente da empresa e conselheiro do Sindag, Jorge Humberto Morato de Toledo, a região de atuação da Imagem é a área que abrange os municípios de São José do Rio Preto, Araçatuba e Ribeirão Preto – cerca de 400 quilômetros e noroeste da capital.

“A empresa tem três aeronaves Air Tractor AT-502 de sobreaviso, para atuação contra chamas em reservas estaduais, áreas de proteção permanente e outros pontos de mata”, explica Toledo. Pelo contrato, sempre que receber um chamado, a empresa tem até duas horas para colocar as aeronaves no teatro de operações, onde os bombeiros ficam encarregados de fornecer água e/ou retardante.

“Nos próximos dias 18, 20 e 24, teremos treinamento nas cidades de São José do Rio Preto, Catanduva e Fernandópolis”, adianta o empresário. O treinamento servirá principalmente para o entrosamento entre pilotos e as equipes de terra dos bombeiros.

PRERROGATIVA DO SETOR AEROAGRÍCOLA

No mundo, desde 1931 aviões são usados em operações e combate a incêndios em campos e florestas. No Brasil, há quase 50 anos esse tipo de operação é oficialmente uma das prerrogativas da aviação agrícola (conforme o Decreto-Lei nº 917, de 7 de outubro de 1969). E diversas vezes o setor tem tido papel fundamental na proteção das principais áreas de preservação do País, desde a Reserva do Taim, no Rio Grande do Sul, até o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, em Minas Gerais, passando por áreas em vários outros Estados.

Foto de capa apenas ilustrativa