Imprensa

Itagro recebe vistoria do selo Nível III do CAS

/ /

A empresa Itagro Aviação Agrícola, de Alegrete/RS, teve na última quarta-feira (dia 19) a vistoria técnica para o selo Nível III do programa Certificação Aeroagrícola Sustentável (CAS). O proprietário Marco Antônio Camargo e a equipe da Itagro receberam o representante da Universidade Federal de Lavras (UFLA) e um dos coordenadores do programa, Wellington Pereira Alencar de Carvalho. Ele estava acompanhado do gerente de Educação e Treinamento da Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF), Fábio Kagi.
A Itagro é uma das 26 empresas que conquistaram o selo do nível máximo do programa CAS, que por sua vez abrange um total 135 empresas aeroagricolas no País. O CAS é mantido e gerenciado pela Fundação de Estudos e Pesquisas Agrícolas e Florestais (FEPAF), em parceria com três universidades públicas: a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (FCA/UNESP-Botucatu) e as universidades federais de Lavras (UFLA) e de Uberlândia (UFU), ambas de Minas Gerais. A iniciativa conta com apoio da Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF) e do SINDAG.
A certificação aeroagrícola ocorre em três níveis:
Nível I – Com a verificação de toda a parte documental do operador, que precisa estar com as licenças em dia, bem como os registros de manutenção das aeronaves e formação e atualização dos pilotos e pessoal de terra e outros requisitos burocráticos.
Nível II – Os operadores passam por um curso de formação para reforçar aspectos da segurança operacional e ambiental – abrange desde regulagem e tipo dos equipamentos, avanços em pesquisas sobre produtos e precisão das aplicações, tipos de bicos e pulverizadores, etc.
Nível III – Os coordenadores do CAS vão a campo para verificar in loco se as empresas estão aplicando na prática todos os preceitos repassados no curso em Nível II.

itagro