Imprensa

Lavouras com aviação: cana deve ter safra de 635,5 milhões de toneladas

/ /

   Uma das culturas que mais dependem da aviação agrícola no Brasil para uma boa produtividade, a cana-de-açúcar deverá render 635,51 milhões de toneladas na safra 2018/19. A estimativa está no relatório divulgado nessa terça-feira (21) pela Companhia Nacional de Abastecimento/Conab (veja  AQUI) e repercutido pelo Ministério da Agricultura. Conforme o levantamento, a expectativa de safra é 0,4% maior do que no ano passado, apensar da redução de 0,8% da área plantada – 8,66 milhões de hectares.

   A partir desse desempenho, a produção total de etanol deverá alcançar 30,41 bilhões de litros – aumento de 11,6%. Desse total, a produção de etanol anidro (que é misturado à gasolina) deve chegar a 11,24 bilhões de litros (+ 2,2 %) e a de etanol hidratado (vendido diretamente nos postos) deverá ser de 19,17 bilhões de litros (aumento de 18%).

   Já o açúcar segue em baixa, devendo ter uma produção de 34,25 milhões de toneladas, ou seja, em queda de 9,6% na comparação com a safra de 2017/18.