Imprensa

Maggi fala na Europa sobre a sustentabilidade ambiental da agricultura brasileira

/ /

A pedido deputada Bärbel Höhn, do Partido Verde da Alemanha, o ministro da Agricultura brasileiro, Blairo Maggi, falou sobre bioeconomia ao parlamento do país europeu e, ainda em Berlim, lançou um livro sobre um estudo da Embrapa a respeito do convívio de abelhas nas lavouras de soja. Maggi está na Europa desde a última semana, onde participou em Berlim da 9ª Conferência de ministros do Fórum Global para a Alimentação e a Agricultura (GFFA) e de um encontro com Ministros da Agricultura do G-20. Nesta quarta-feira (dia 25), o ministro brasileiro falou na Comissão de Agricultura do Parlamento Europeu, em Bruxelas, onde lembrou que “a legislação ambiental, trabalhista e social brasileira é mais rígida até do que a europeia”.

SEMANA VERDE

A movimentação na Europa coincide com a Semana Verde Internacional, que vai até esta sexta-feira – a Conferência de ministros do Fórum Global ocorre anualmente nesta época. O ministro brasileiro apresentou dados sobre a preservação ambiental no setor primário do País, destacando, por exemplo, a produção de 217 milhões de toneladas de grãos mantendo 61% do território brasileiro coberto de vegetação nativa. “E aumentaremos esse percentual”, destacou lembrando o compromisso internacional do Brasil em recuperar 12 milhões de hectares de floresta e 15 milhões de hectares de pastagens até 2025.

Além dos esforços do governo e iniciativa privada, por exemplo, na convivência sustentável entre agricultura e abelhas, ele destacou a política brasileira de desenvolvimento de biocombustíveis a partir da palha da cana e o aproveitamento da palha do arroz, além de outros resíduos.

Da Europa, Maggi segue para os Estados Unidos, onde participará da Conferência da Indústria de 2017, em Miami, onde irá abordar perspectivas da América Latina para 2017