Imprensa

Mau tempo suspende demonstrações aéreas, mas Congresso da Aviação Agrícola segue de amanhã até quinta

/ /

   O Congresso da Aviação Agrícola do Brasil, que vai até quinta-feira (dia 9), em Maringá/PR, não terá as demonstrações práticas que estavam previstas para hoje (dia 6), no Aeródromo Recanto das Águias, ano norte da cidade. A movimentação do dia, que ocorreria à tarde, foi cancelada devido ao mau tempo, já que os aviões que fariam as apresentações não puderam se deslocar de São Paulo para a cidade nesta manhã.

   A programação segue a partir dessa terça, no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro, no bairro Vila Morangueiros (próximo ao Centro da cidade). Ali ocorrerão as palestras e debates sobre perspectivas, demandas e cenários do setor aeroagrícola, além da mostra de tecnologias e equipamentos com 87 empresas e instituições do Brasil, Estados Unidos e outros países. O movimento nessa segunda, no Parque, é de arremates para a movimentação de amanhã (veja as imagens abaixo). 

   O Congresso é itinerante e promovido anualmente pelo Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e a expectativa é de uma edição recordista na cidade paranaense. Só o número de expositores na mostra de tecnologias e equipamentos já é o maior até aqui. Além disso, 35 palestrantes vão se revezar nos debates e palestras nos três auditórios junto à mostra, no Pavilhão Azul do Parque.

ATRAÇÕES

   “Temos a presença, por exemplo, dos principais fabricantes de aeronaves agrícolas do mundo, além de tecnologias de ponta de equipamentos embarcados, softwares de gestão, simulador de voo para pilotos e até um espaço de realidade virtual, para quem não é piloto sentir a sensação de estar em um avião agrícola”, explica o diretor-executivo do Sindag, Gabriel Colle. O congresso é dirigido a empresários e profissionais do setor, com inscrições antecipadas ou feitas na hora.

   Mas os moradores de Maringá e região que quiserem conhecer o setor podem visitar a feira de tecnologias do Congresso. Nesse caso, a inscrição (feita na hora) é gratuita, mas o Sindag pede que quem puder leve um quilo de alimento não perecível, que será depois entregue a uma entidade beneficente.

   O Brasil tem a segunda maior e uma das melhores aviações agrícolas do mundo e o evento brasileiro é considerado um dos maiores do planeta no setor. A frota aeroagrícola do País tem cerca de 2,1 mil aeronaves. Segundo levantamento no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da Anac, o ranking com 22 Estados é liderado pelo mato Grosso, que concentra 464 aviões agrícolas. O Paraná aparece em quinto na lista, com 136 aeronaves. Atrás de Rio Grande do Sul (427), São Paulo (314) e Goiás (277).

No próximo dia 19 – Dia Nacional da Aviação Agrícola – o setor comemora seus 71 anos de história.

Confira abaixo fotos dos últimos preparativos para a abertura, amanhã, da movimentação da programação de feiras e palestras no Parque de Exposições em Maringá:

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

Foto: Laura Haidrich

.