Imprensa

Museu da Aviação Agrícola dos EUA passa por reformas

/ /

   O Museu Nacional da Aviação Agrícola dos EUA (NAAM, na sigla em inglês) deve passar por reformas a partir de setembro, depois de dois anos de preparativos para os trabalhos. Situado desde 1980 dentro Museu de Agricultura e Florestas do Mississippi, na cidade de Jackson, o espaço será reformulado com financiamento da Associação Nacional da Aviação Agrícola (NAAA). A proposta partiu da fundação que mantém o Museu do Mississippi que, junto com a NAAA, contratou um escritório de arquitetura e engenharia, que projetou a obra em duas fases.

A notícia, divulgada pelo diretor-executivo do Museum, Doug Parkin, foi repercutida na última semana no site da revista AgAir Update (veja AQUI)

   A primeira etapa, com expectativa de término até novembro, abrange a estrutura física do espaço. A segunda parte dos trabalhos ainda depende da complementação de recursos, que estão sendo buscados também junto às associações estaduais da aviação agrícola e parceiros do setor. A etapa engloba a disposição do acervo, decoração, equipamentos de interatividade e outros intens. 

   O Museu Nacional da Aviação Agrícola ocupa uma área de 1,5 mil metros quadrados no Museu de Agricultura. O acervo conta com um biplano Boeing Stearman, um Piper J3 de 1946, um Pawnee e um Grumann Ag-Cat, além de imagens, documentos e objetos que contam os 97 anos da história do setor aeroagrícola no país.