Imprensa

Pesquisadores dinamarqueses visitam Embrapa e conhecem pesquisas sobre pulverização e processamento de imagens

/ /

Cientistas da Dinamarca visitaram na segunda-feira (23) a Embrapa Instrumentação, em São Carlos. O grupo de 10 pessoas – composto por pesquisadores das universidades de Aarhus e Aalborg, empresários e membros de um instituto de pesquisas dinamarquês, esteve à tarde nos laboratórios das pesquisas sobre pulverização aérea, óptica e fotônica e agricultura de precisão.

A visita havia sido anunciada na própria segunda (veja AQUI) pela Embrapa. Segundo o coordenador da Rede de Agricultura de Precisão e articulador da visita, Ricardo Inamasu, a ideia era apresentar à comitiva estrangeira as soluções tecnológicas desenvolvidas para a agricultura tropical. No Laboratório de Referência Nacional em Agricultura de Precisão (Lanapre), os escandinavos conferiram de perto as pesquisas para o processamento de imagens captadas por drones.

Outro destaque apresentado foi o Agribot, um robô autônomo que leva embarcado equipamentos e sensores para diagnosticar problemas em plantas e solos. A Dinamarca é pioneira em robótica agrícola e no sistema de informação para gestão de propriedades agrícolas (FMIS – Farm Management Information System), base da agricultura digital.

O contato entre a Embrapa e instituições dinamarquesas começou em 2007, quando foi assinado um memorando de entendimento. A comitiva estrangeira está no Brasil para participar de um workshop sobre agricultura de precisão em Piracicaba/SP.