Imprensa

Por uma boa safra: Mensagem do presidente Júlio Kämpf ao setor aeroagrícola brasileiro

/ /

Colegas operadores e demais profissionais do setor aeroagrícola,

Nesse momento em que estamos iniciando as operações em mais uma safra em nosso País, aproveitamos para reforçar o orgulho que sentimos de nossa aviação agrícola, que outra vez irá mostrar sua importância vital para economia e a segurança alimentar do Brasil, além da proteção de nossos recursos naturais. Temos uma das melhores frotas e estamos entre os melhores profissionais do mundo no setor. Esse é maior trunfo usado em nossa defesa, o que exige, porém, e cada vez mais, que nos lembremos sempre de agirmos como tal.

Todos estão conscientes da imensa mobilização que o Sindag tem promovido em prol do setor aeroagrícola em diversas frentes de atuação e arenas de debates – não raro extremamente hostis – onde tem conquistado vitórias usando principalmente a linguagem da transparência e apresentando nossas tecnologias de aplicação. Também graças ao fato de que cada vez mais empresas estão se associando e associadas estão fortalecendo nossa voz em audiências públicas, dias de campo, seminários pelo país e nas conversas com autoridades a políticos nos Municípios, Estados e até na União. Lembrando que a união faz a valorização do setor.

Tem sido assim contra as várias iniciativas para impor restrições ou mesmo a proibição de nossa atividade no Estado de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Goiás e outras frentes.  Onde se precisa desde combater ações que buscam a proibição de nosso trabalho até garantir que debates sobre boas práticas não sejam influenciados por quem busca deturpar discussões técnicos com mitos – em nome de interesses que passam longe da racionalidade.

Em todas as situações a melhor linguagem contra mitos, medos e objetivos escusos tem sido a transparência. E o fato do Sindag e as associadas na linha de frente estarem cada vez mais colocando o setor aeroagrícola em evidência para falar sobre sua importância e segurança no agro do Brasil, cada vez mais olhares e câmeras nos são direcionados. Seja apenas visando entender o setor ou para fiscalizar ou buscar alguma contradição que possa ser usada contra nós.

O caso é que o caminho da comunicação é necessário e sem volta, além de compartilhado por todos. O que faz com que cada operador seja responsável pelos reflexos positivos ou negativos que podem recair sobre todo o setor.

Assim sendo, vamos todos mais uma vez cumprir com orgulho nossa grande missão junto ao País, porém, lembrando sempre de que precisamos agir como temos dito (com veemência) que agimos: zelando pelos preceitos de boas práticas e cuidando da segurança ambiental e operacional de nossa atividade.

E conscientes de que a boa imagem de um é a imagem de todos, assim como o descuido de um pode prejudicar todo o setor.

Confiamos e contamos com cada um para o sucesso dessa empreitada da Aviação Agrícola Brasileira

Bons voos e uma grande e segura safra para todos.

 

Júlio Augusto Kämpf

Presidente do Sindag