Imprensa

Portal agro repercute nota do Sindag

/ /

     O portal AGROemDIA, com sede em Brasília, repercutiu ontem a nota do Sindag contestando o projeto de lei apresentado pelo deputado estadual Tadeu Veneri (PT), que quer proibir a aviação agrícola no Estado. O sindicato aeroagrícola expõe no documento o contrassenso que é a proposta que, na verdade, vai causar efeito contrário ao alegadamente pretendido pelo parlamentar, de proteger a saúde da população.

Confira a matéria clicando AQUI

Sindag contesta deputado paranaense que quer proibir pulverização aérea em plantações

      Na nota, assinada pelo presidente Júlio Kämpf, o Sindag expõe (e indica o link das fontes oficiais de estudos) a falta de lógica do argumento de que a aviação tem perdas excessivas de produtos – o que, sobre produtos podem custar custam mais de R$ 1 mil o quilo, faria com que o próprio mercado extinguisse a aviação agrícola. E também a incoerência de um projeto de proibição da ferramenta cujos produtos atendidos têm zero % de contaminação, segundo a própria Anvisa. Isso entre vários outros argumentos.