Imprensa

Projeto de realidade virtual do Ibravag será apresentado nos Estados Unidos

/ /

    O projeto Aviação Agrícola 360° será destaque na próxima semana, no estande do Sindag na Convenção Anual da Associação Nacional de Aviação Agrícola dos Estados Unidos (NAAA, na sigla em inglês), que vai ocorrer em Reno, Estado de Nevada. O setor aeroagrícola brasileiro será representado oficialmente pelo presidente do Sindag, Júlio Kämpf, e pelo diretor-executivo da entidade, Gabriel Colle. Esta será a terceira vez que o sindicato aeroagrícola brasileiro marca presença no encontro norte-americano, dentro da parceria de aproximação firmada em 2016 com a NAAA.

    Lançado durante o Congresso da Aviação Agrícola do Brasil deste ano, ocorrido em agosto em Maringá/PR, o Aviação Agrícola 360° é uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Aviação Agrícola (Ibravag) – também lançado no Congresso em Maringá e presidido por Kämpf. O foco da iniciativa é divulgar o setor aeroagrícola através da realidade virtual, fazendo as pessoas sentirem o que é estar dentro de uma operação aeragrícola, em todas as suas fases (desde o briefing até a aplicação na lavoura, passando pelo abastecimento da aeronave).

INTERCÂMBIO

    A ferramenta já é sucesso no Brasil, tendo sido apresentada em feiras agrícolas e de tecnologias, além de escolas públicas. Além de divulgar a importância e segurança do setor junto à sociedade, a ferramenta também auxilia em cursos para formação de técnicos para o setor aeroagrícola.  Já na feira aeroagrícola norte-americana, o foco será a troca de experiências sobre soluções para trabalhar a imagem do setor.

    Além de palestras sobre tecnologias, cenários, ações e políticas para o mercado aeroagrícola, a convenção terá ainda 150 expositores de aeronaves, equipamentos e tecnologias, que também estão no foco dos representantes do Sindag: a ideia é convidar mais empresas estrangeiras a participarem do encontro aeroagrícola brasileiro, marcado para 30 de julho a 1º de agosto do ano que vem, em Sertãozinho/SP. E também incentivar a participação brasileira na feira americana, que este ano terá, por exemplo, novamente a presença da  Zanoni Equipamentos, de Paranavaí/PR, e da Travicar Tecnologia Agrícola, de Porto Alegre/PR.