Imprensa

Quinta foi de encontros com senador, deputados e ministério

/ /

A quinta-feira (16) foi de encontros do Sindag com o senador Ronaldo Caiado (DEM/GO) e com o deputado federal Luís Carlos Heinze (PP/RS), que acompanhou a comitiva aeroagrícola em uma reunião com diretores do Ministério da Agricultura. E houve ainda a reunião com o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Nilson Leitão (PSDB/MT), todos em Brasília. A comitiva liderada pelo presidente Júlio Kämpf e composta pelo vice, Nelson Peña e pelo secretário Francisco Dias da Silva, contou também com o diretor-executivo, Gabriel Colle e com os assessores parlamentares do sindicato na capital federal, José Cordeiro de Araújo e Napoleão Puente de Salles.

CAIADO

Com o senador Caiado, a conversa foi sobre projetos de lei de interesse do setor aeroagrícola que tramitam no Congresso, abordando também o apoio do parlamentar em ações para esclarecer a sociedade e mesmo parte da classe política sobre a importância e segurança da aviação no trato das lavouras. Kämpf lembrou que diversas vezes Caiado tem se manifestado no Senado em favor do setor aeroagrícola e aproveitou para reforçar a parceria.

FINANCIAMENTO DE AERONAVES

No Ministério da Agricultura, junto com o deputado Heinze, o foco da conversa foi sobre a necessidade de um programa de financiamento de aeronaves no Brasil. Sobre isso, a comitiva do Sindag foi informada da expectativa de que o governo federal edite para logo uma Medida Provisória criando um novo programa nesse sentido. Isso já que o Programa Moderfrota, que prevê a compra de tratores e maquinários terrestres via Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), não cita a aviação em suas regras. “A ideia seria, ao invés de tentar alterar o programa antigo, criar um novo voltado para a aviação”, comentou o presidente do Sindag, sobre o resultado da reunião.

FPA

Com o deputado Nilson Leitão, o assunto foi a importante abertura que a Frente Parlamentar da Agropecuária tem dado ao setor aeroagrícola e os preparativos para as comemorações em Brasília pelos 70 anos da aviação agrícola brasileira. Embora o aniversário seja em agosto (quando ocorre o Congresso Sindag 2017, em Canela/RS), as comemorações na capital federal serão em junho. “Quando, no dia 27, o Sindag deve participar da reunião da FPA (com os deputados federais, senadores e outras autoridades convidadas) e fazer uma apresentação sobre o histórico do setor e seu cenário atual”, adianta Kämpf. Logo após, todos deverão participar de um coquetel na casa.

Os encontros da quinta encerraram uma agenda cheia, que havia começado na segunda-feira, com encontros na ANAC, outra reunião no Ministério da Agricultura e conversas com diversos parlamentares, além de encontros com entidades do agronegócio.