Imprensa

Safra de 2017 terá alta de 15% e agronegócio responderá por metade do crescimento da economia

/ /

A estimativa de produção de grãos para a safra 2016/17 é de 215,3 milhões de toneladas, com aumento de 15,3% em relação à safra anterior, que foi de 186,7 milhões toneladas. Os dados são do 4º Levantamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado ontem (dia 10) – veja AQUI.

Em termos de área plantada, a ampliação deve ficar em apenas 1,3% em relação a 2016, chegando a 59.1 milhões de hectares. O que significa um aumento de produtividade sem tanta influência negativa do clima e ainda com a aposta em alta tecnologias – onde entre, por exemplo, a aviação agrícola.

 

ECONOMIA

Bons ventos que estão gerando expectativas também na área econômica, onde o agronegócio deverá ser responsável por metade o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – que ficará nos magros 0,5%, mas até que enfim saindo de números negativos, segundo o mercado.

 

Para se ter uma ideia do peso do campo na riqueza do País, só o PIB do agronegócio vai crescer mais de três vezes acima da alta do PIB nacional: 4,2%, segundo economistas. E considerando que o agro representa 22% da riqueza total do Brasil, equivale a dizer que a agricultura será responsável por metade do crescimento projetado para a economia brasileira em 2017.

Os números havia sido tema de uma reportagem na última semana no jornal O Globo (veja AQUI).

 aviao-no-patio