Imprensa

Segue articulação com Mapa para fortalecimento do setor aeroagrícola

/ /

O Sindag segue articulação com a área técnica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para a definição de uma estratégia conjunta para o fortalecimento do setor aeroagrícola. A movimentação é resultado de uma reunião ocorrida em 21 de novembro, entre o presidente do sindicato aeroagrícola, Júlio Kämpf, com o ministro Blairo Maggi. Na ocasião Maggi, acompanhado de assessores, recebeu a comitiva que tinha também o diretor-executivo do Sindag, Gabriel Colle, e o assessor parlamentar José Araújo.

Depois disso, Araújo teve um encontro no dia 8 de dezembro com o chefe de gabinete do ministro, Coaraci Castilho, para operacionalizar as ações alinhavadas na reunião de novembro. O tema está agora na Divisão de Mecanização e Aviação Agrícola (DMAA) do Mapa, para um diagnóstico de possíveis caminhos para valorização do setor e para eliminar a desinformação sobre a competência do Mapa sobre sua regulação – tanto junto a outros órgãos federais quanto nas esferas estadual e municipal.

Na audiência de novembro, o Sindag cobrou de Maggi maior atenção do Mapa em relação ao setor aeroagrícola, por exemplo, com relação a projetos de leis em estados e municípios pretendendo limitar ou mesmo proibir o setor – muitas vezes sem qualquer base técnica. O ministro adiantou que pretendia dar maior representatividade à aviação agrícola, tanto nas discussões sobre competências de fiscalização quanto nas ações de fomento.