Imprensa

Segurança de voo continuará como destaque em roteiros do Sindag na Estrada

/ /

     A segurança nas operações aeroagrícolas deve continuar como destaque nas próximas edições do Sindag na Estrada, a exemplo da rodada realizada no início de março e que passou por quatro municípios do Sul do País. A ideia foi ventilada na última reunião da Comissão Nacional de Prevenção de Acidentes na Aviação Agrícola (CNPAAA) do Cenipa, ocorrida semana passada na sede do Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa V), em Canoas/RS.

     O sindicato foi representado na reunião em Canoas pelo secretário executivo Júnior Oliveira, que apresentou uma avaliação positiva da parceria entre o sindicato aeroagrícola e o Seripa no roteiro que passou pelas cidades paranaenses de Londrina, Palotina e Guarapuava, além de Luiz Alves, em Santa Catarina. No total, nesses encontros o Sindag na Estrada reuniu cerca de 400 pessoas.

    Oliveira destacou o formato que a programação teve nas últimas edições, com a primeira parte abrangendo o histórico e o cenário atual da aviação agrícola do ponto de vista institucional. Em seguida, entrando a palestra com o tema Segurança de Voo, abordado pelo suboficial André Luís Raimann, do Seripa V.

EXPANSÃO

   A proposta agora é realizar mais uma rodada no Sul, tentando agendar novamente uma participação do Seripa V. Além de levar aos outros Seripas a sugestão de se replicar a parceria em suas regiões de abrangência.

    Segundo o chefe da Seção de Prevenção do Seripa V, major aviador Marlon da Fonseca Sampaio, a experiência foi válida. “O Seripa tem sua missão voltada para a segurança de voo e realiza uma série de atividades nesse sentido. É claro que é bom poder contar com parcerias para ampliar essas ações, cada entidade dentro de seu escopo”, comentou.

    Além do oficial e de Oliveira, participaram do encontro na última semana os suboficiais Raimann e Julio Cezar da Silva Freitas e o presidente do Aeroclube de Eldorado do Sul, Wilson Schmidt. 

Da esq para dir: os suboficiais Freitas e Raimann, Oliveira, o major Marlon e Schmidt