Imprensa

Semeadura aérea cresce 100% em três anos na Argentina

/ /

Com também no Brasil, o uso de aviões para o plantio de culturas como arroz, aveia, azevém e outras pastagens vem crescendo exponencialmente, segundo dados da Federação Argentina de Câmaras Agroaéreas (Fearca). Pelos dados da instituição, divulgados no portal de notícias Infobae, a área plantada por aviões na safra 2017/18 deve chegar a 250 mil hectares. Bem mais do que os 175 mil hectares da safra anterior e um salto maior ainda se comparado aos 125 mil hectares plantados com dispersão aérea de sementes na safra 2015/16.

Além de fazer as sementes chegarem a terrenos de acesso mais difícil, o uso do avião acaba sendo barato, eficiente e rápido. Outra vantagem é a possibilidade do plantio das pastagens em áreas de outras lavouras e pouco de sua colheita, como no caso da soja ou o arroz. A técnica conhecida como sobressemeadura é também bastante usada no Brasil e antecipa em até um mês o uso da pastagem, otimizando a integração lavoura/pecuária.

Clique AQUI para ver a reportagem do Infobae