Imprensa

Seminário em SP deverá discutir convivência entre aviação agrícola e abelhas

/ /

Representantes da aviação agrícola, da indústria química, da produção rural e da apicultura irão organizar um seminário em São Paulo para debater soluções para a convivência entre criadores de abelhas, produção rural e aviação agrícola. A data e local ainda devem ser confirmados. Esse foi o resultado de um encontro ocorrido na quarta-feira (dia 8), no gabinete do deputado estadual Afonso Lobato (PT).

O Sindag foi representado no encontro pelo secretário-executivo Júnior Oliveira. Também estavam presentes representantes da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Angela Kulaif e Renata Camargo; Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus), Marcelo Scapin; Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), Sílvia Fagnani, Associação Paulista dos Apicultores Criadores de Abelhas Melíferas Europeias (Apacame), Constantino Zara Filho, e da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Mel e Produtos das Abelhas, Ricardo Camargo.

A reunião teve ainda a participação dos deputados estaduais Ricardo Madalena (PR) e Sebastião Santos (PRB), além do coordenador do Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos, Pedro Serafim.

A intenção é buscar um entendimento e uma estratégia de manejo entre todas as partes, para encerrar as discussões em torno do Projeto de Lei (PL) 405/2016, de autoria de Lobato, que pretende proibir a pulverização aérea de defensivos no Estado. O parlamentar iniciou uma série de encontros entre representantes da agricultura e da apicultura, depois de procurado pelo Sindag, produtores e entidades da indústria para falarem sobre a importância da aviação agrícola para o Estado.