Imprensa

Setor aeroagrícola apresentado para conselheiros do Crea/MT

/ /

O diretor-executivo do Sindag, Gabriel Colle, apresentou cenários e desafios da aviação agrícola no País e os números do Mato Grosso, para engenheiros agrônomos do Estado, nessa terça-feira (10). Foi durante a reunião da Câmara de Agronomia do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), onde Colle abordou também as ações de melhoria contínua junto a empresas e profissionais do setor aeroagrícola, aproximação com a comunidade e articulações em prol da atividade.

“Foi importante para dirimir dúvidas dos profissionais e alinhavar ações”, explica Colle. Entre as propostas, está a realização no Mato Grosso de encontros entre operadores e representantes dos órgãos de fiscalização, para clarear as informações de ambos os lados sobre exigências de cada órgão e rotinas das empresas. A exemplo das edições do Sindag na Estrada ocorridas entre agosto e setembro em Ribeirão Preto/SP e nas cidades gaúchas de Cachoeira do Sul e São Borja.

Colle esclareceu diversas dúvidas dos conselheiros

VISÃO

Segundo o conselheiro do Crea/MT Clóvis Lago Albuquerque, o dirigente do Sindag “deu uma visão bastante ampla do setor e do trabalho da entidade aeroagrícola não só na melhoria do setor, mas também no esforço de divulgar suas ações e combater estereótipos”. Albuquerque ressalta que a ação foi importante inclusive pela capilaridade da Câmara.

“São 16 conselheiros, representantes de associações de agronomia de todo o Estado. Após a reunião, esses profissionais levam essas informações para suas regiões”, destaca. “A aviação agrícola é muito forte no mato Grosso e claro que estamos abertos a novos trabalhos com o Sindag para fortalecer a comunicação sobre o setor”, completa o conselheiro.