Imprensa

Sindag e entidades agrícolas do MS preparam eventos de conscientização na Comissão de agrotóxicos

/ /

O Sindag, juntamente com a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), a Câmara de Agronomia do CREA/MS, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS) e a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), devem promover no Estado dois eventos de conscientização e capacitação sobre o uso de defensivos. A programação ocorrerá nos dias 22 e 23 de setembro e foi proposta pelo Sindag (e aprovada) em 16 de maio, na última reunião da Comissão de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos do MS (foto), da qual as entidades fazem parte.

A movimentação vai ocorrer em Dourados e o primeiro terá o seminário abordando uso correto dos defensivos, cuidados no manuseio, legislação, etc. Isso tanto para uso terrestre quanto o aéreo. Já o segundo dia será de Dia de Campo de Aviação Agrícola, apresentando aos outros membros da Comissão e outras autoridades e convidados como é uma operação aeroagrícola, os cuidados e as iniciativas como o programa CAS.

Comissão de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos é liderada no MS pelo Ministério Público Federal e o Sindag integra o grupo desde abril. A estratégia com isso é buscar o debate para levar à sociedade esclarecimentos sobre a importância e a segurança das atividades aeroagrícolas. “Mesmo (e principalmente) em ambientes normalmente críticos para o setor, porque é preciso levar racionalidade para uma discussão que é importante para todos”, explica o presidente do Sindag, Júlio Kämpf.

O MS é o primeiro Estado em que o Sindag consegue integrar a comissão que debate o uso de uso de defensivos e a intenção é fazer disso um modelo de parceria para todo o País.