Imprensa

Sindag e Syngenta – sustentabilidade, comunicação e ações educativas em pauta

/ /

    As ações do projeto Aviação Agrícola 2020 – com a continuidade da parceria entre as duas entidades, os preparativos para o Congresso da Aviação Agrícola do Brasil, o programa Certificação Aeroagrícola Sustentável (CAS) e a preparação de dias de campo sobre boas práticas aeroagrícolas. Esses foram temas na pauta da reunião ocorrida na última terça-feira (dia 8) entre representantes do Sindag e da Syngenta na sede do sindicato aeroagrícola, em Porto Alegre. O presidente Sindag, Júlio Kämpf, e o diretor-executivo da entidade, Gabriel Colle, receberam os representantes da empresa: Tiago Nogueira de Noronha (Assuntos Públicos), Sibele Kamphorst (Assuntos Corporativos) e Valter Brunner (Sustentabilidade).

    A Syngenta é patrocinadora do Aviação Agrícola 2020, que tem como finalidade melhorar a imagem do setor aeroagrícola brasileiro promovendo a transparência e a aproximação com a sociedade, ao mesmo tempo em quem promove o aprimoramento técnico e o reforço dos conceitos de boas práticas entre operadores, pilotos, técnicos e parceiros da aviação agrícola. Os representantes ressaltaram que estão satisfeitos com os resultados do projeto até aqui. No balanço da iniciativa em 2017, estão os encontros do Sindag na Estrada, as palestras de empresas aeroagrícolas para estudantes e comunidade, além de dias de campo, palestras e outras ações de divulgação de informações técnicas sobre a segurança do setor, relações governamentais e outras iniciativas.

    Sobre o Congresso da Aviação Agrícola, a Syngenta deverá estar novamente no evento, como em 2017, com um estande e participando ativamente na programação de palestras. Já sobre o CAS, o foco foi a ampliação do programa, aumentando a participação de empresas do setor. Por parte do sindicato aeroagrícola, os dirigentes manifestaram que a intenção é de que nos próximos anos 100% das empresas associadas tenha o selo de qualidade ambiental da iniciativa.

Sibele Kamphorst, Júlio Kämpf, Gabriel Colle, Tiago Noronha e Valter Brunner