Imprensa

Sindag na Estrada com empresários e fiscais em Ribeirão Preto

/ /

   Ribeirão Preto, no interior paulista, teve hoje (17) a primeira parte da 16ª edição do Sindag na Estrada, que reuniu cerca de 70 empresários aeroagrícolas, pilotos, técnicos e outros profissionais do setor. A programação ocorreu a partir das 14 horas, no hangar da empresa Garcia Aviação Agrícola, junto à Rodovia Mário Donegá (SP-291). Já nessa quarta-feira (18) a movimentação começará pela manhã, com um encontro entre os empresários e fiscais do Ministério da Agricultura, Crea/SP e da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento.

   A segunda etapa será no escritório da Defesa Agropecuária (Avenida Fabio Barreto, 41, Vila Tibério). Às 8h30 terá início as palestras dos fiscais das três entidades presentes. A partir das 14 horas será a vez dos questionamentos dos presentes. A tarde terá ainda uma palestra sobre de voo, a cargo do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VI).

DIÁLOGO

   Conforme o diretor do Sindag Thiago Magalhães, a conversa da terça foi boa para os empresários e profissionais alinharem suas dúvidas e demandas para o encontro de amanhã. “A presença dos representantes das fiscalizações será um momento importante também para apresentarmos as rotinas do setor aeroagrícola”, completa. A aproximação entre o sindicato e os órgãos governamentais faz parte da estratégia da entidade aeroagrícola de manter a transparência sobre a segurança do setor, ao mesmo tempo em que garante orientação mais clara aos empresários sobre o entendimento de cada órgão quanto às regras que abrangem a aviação agrícola.

   “Nesse primeiro dia de conversa, também apresentamos às empresas associadas e empresas não-sócias uma prestação de contas sobre as ações do Sindag nos últimos meses (incluindo as atividades realizadas no Estado em defesa do setor), os projetos em andamento, as parcerias institucionais e outras atividades”, ressaltou Magalhães, que estava acompanhado do também diretor Marcelo Amaral.

   A explanação geral ficou a cargo do secretário-executivo do sindicato, Júnior Oliveira, que também destacou o Sistema Nacional de Documentação da Aviação Agrícola (Sisvag). O novo serviço à disposição das empresas associadas é fruto justamente da estratégia de clareza entre   os órgãos fiscais e o setor aeroagrícola, disponibilizando checklists dos requisitos exigidos pelos órgãos federais e em cada Estado.

   O Sindag na Estrada surgiu no ano passado, com o objetivo de levar qualificação aos operadores e otimizar a comunicação do setor com a sociedade, incentivando ações proativas regionais. Isso além de promover a integração entre os operadores e profissionais aeroagricolas e aproximá-los de seu sindicato.