Imprensa

Sindag participa de seminário sobre abelhas e agroquímicos no MS

/ /

O Sindag participou nesta semana, no Mato Grosso do Sul, do Seminário de Polinizadores, realizado pela Comissão de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos do Estado. O evento ocorreu na segunda-feira (dia 11) e o sindicato aeroagrícola foi representado pelo secretário-executivo Júnior Oliveira, que apresentou um painel sobre a aviação agrícola, reforçando principalmente as ações do setor na segurança ambiental e aproximação com os apicultores. Ele destacou o trabalho do Sindag junto a parceiros do setor agrícola para desenvolver projetos que permitam uma melhor comunicação entre produtores rurais e criados de abelha, como mapeamento de colmeis e manejo integrado com as culturas.

Esse também foi o foco da fala da gerente de Uso Correto e Seguro de Defensivos do Sindiveg, Paula Arigoni, que abordou o Projeto Colmeia Viva. Paula apresentou o Colmeia Viva App, um aplicativo em que agricultores podem identificar áreas de atividades agrícolas e apícolas, assim como os criadores de abelhas podem receber comunicados sobre aplicações e tomar medidas de proteção sobre a cultura.

O evento teve as apresentações também da a bióloga e professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), Generosa Sousa Ribeiro, sobre intoxicação de abelhas por agrotóxicos; do mestre em biologia animal Marcos Wolf, sobre a atuação da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) em fiscalizações e denúncias de irregularidades envolvendo agroquímicos, e do Ibama, sobre registro de agrotóxicos e polinizadores. Entre outros temas.

O Sindag integra desde abril a Comissão de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos do MS, como forma de manter um diálogo aberto com a sociedade e promover o aprofundamento dos debates envolvendo produção agrícola e uso de agroquímicos.

Clique AQUI para acessar a notícia sobre o evento no site do MPF/MS, com os links para todas as apresentações