Imprensa

Sindag prepara chamada de trabalhos científicos sobre aviação agrícola

/ /

Sindicato lançará nos próximos dias as regras para os pesquisadores concorrerem à premiação a ser entregue no congresso aeroagrícola do ano que vem, em Sertãozinho/SP

O Sindag deve lançar nos próximos dias a chamada de trabalhos para o 2º Fórum Científico da Aviação Agrícola, que deve ocorrer no ano que vem, dentro do Congresso da Aviação Agrícola do Brasil – marcado para 28 a 30 de julho, em Sertãozinho/SP. Conforme o coordenador do Fórum e professor da Universidade de Cruz Alta (Unicruz), no Rio Grande do Sul, Maurício Pasini, a chamada será voltada a trabalhos que melhorem e atestem a segurança e a precisão das pulverizações aéreas.

Confira a entrevista em vídeo com Pasini, no final do texto

Pasini explica que o 2º Fórum Científico vai focar nas prioridades apontadas na primeira edição do debate entre pesquisadores, empresários, técnico, piloto e outros profissionais do setor, ocorrida no congresso aeroagrícola deste ano. “Ou seja, combater mitos e mudar a visão errônea do público, de que a aviação agrícola é uma atividade poluidora”, ressalta.

PREMIAÇÃO E CONTINUIDADE

Os trabalhos para o Fórum deverão ser entregues até julho pelos pesquisadores de todo o Brasil. Eles serão avaliados por duas comissões: a Científica, formada por pesquisadores e especialistas, e a outra avaliativa, que deve ser composta por empresários, pilotos, representantes do Ministério da Agricultura, Ministério Público, jornalistas e outros membros. A primeira comissão vai classificar os trabalhos do ponto de vista da metodologia e outros aspectos científicos. Já a segunda vai levar em conta a importância prática do estudo para o campo e sua relevância para a sociedade.

Os trabalhos melhor classificados receberão premiação em dinheiro, cujo valor ainda deve ser definido. “As informações deverão estar nos próximos dias no site do Sindag. Mas vamos municiar os pesquisadores com todas as informações para que eles tenham tempo até julho de entregar seus trabalhos, destaca Pasini.

A intenção é de que o Fórum Científico seja um evento permanente na programação do congresso da Aviação Agrícola. “A partir dessa primeira rodada de estudos, o evento já deve prospectar e balizar pesquisas para 2021 e 2022”, adianta o coordenador.