Imprensa

Tecnologia, comunicação e política movimentaram seminário aeroagrícola

/ /

   Tecnologias, política e comunicação foram os temas que fecharam a semana no do 2º Seminário de Aviação Agrícola – Desafios e Oportunidades, que reuniu em Porto Alegre mais de 80 empresários aeroagrícolas. A movimentação na ocorreu sexta-feira e marcou também o encerramento de uma programação iniciada pelo Sindag no dia anterior, com a Assembleia Geral da entidade. O Seminário durou toda a manhã e foi até as 13 horas.

   Na parte de tecnologia, a estrela foi o engenheiro agrônomo e consultor Alan McCracken, que falou sobre o controle de gotas como ferramenta para garantir eficiência e evitar a deriva nas pulverizações aéreas. Em uma palestra que teve bastante participação do público ao final – com dúvidas e comentários, o especialista irlandês radicado nos Estados Unidos abordou tipos de equipamentos (atomizadores, bicos, sistema eletrostático), apresentou estudos e fez diversos paralelos entre rotinas aeroagrícolas nos Estados Unidos e no Brasil. Ele destacou a alta capacidade técnica dos brasileiros e lembrou que muitas vezes a ausência completa de vento pode ser tão prejudicial para a segurança de uma aplicação quanto vento em excesso.

MÍDIAS E POLÍTICA

   Outro destaque da tarde foi o head digital do Canal Rural, Giuliano Girondi, que abordou o impacto e as transformações das redes sociais na comunicação da sociedade. Com passagens pela Editora Abril, CARAS Brasil, Portais Guia da Semana, hagah e ObaOba, e outras empresas, Girondi enfatizou questões como quebra de paradigmas, os dilemas da inovação e a massificação dos indivíduos, ao mesmo tempo em que a comunicação é cada vez mais sem intermediários – direta com a sociedade.

   E o mais importante: como essas mudanças literalmente atropelam quem não está atento a elas ou simplesmente a renegam. Girondi também destacou a evolução das ferramentas de mídias sociais e falou sobre as experiências com elas (algumas das quais ajudou a desenvolver).

   A outra apresentação do dia ficou a cargo do assessor parlamentar do Sindag, Napoleão Salles, que falou sobre os meandros da política brasileira, como funciona o trâmite dos processos e projetos no Congresso Nacional e a importância de cada setor e cidadão acompanhar de perto os temas de seu interesse. Salles explicou ao público as ações e estratégias adotadas pelo Sindag no acompanhamento e articulação no andamento de projetos de interesse do setor aeroagrícola nos legislativos. Ele demonstrou como funciona o Congresso Nacional, os trâmites nas sessões e comissões e como a participação externa pode mudar os rumos das decisões.