Imprensa

Aviação agrícola realiza nova operação contra incêndio em Alegrete

/ /

Em pouco mais de um mês, a empresa Itagro já lançou mais de 97 mil litros de água contra chamas em áreas de campo nativo no oeste gaúcho

Pela terceira vez em pouco mais de um mês, a quinta-feira (23) teve aviões agrícolas combatendo incêndio em campo nativo no município de Alegrete, no oeste gaúcho. A exemplo da operação realizada na segunda-feira (20), a empresa Itagro Aviação Agrícola operou com dois aviões, sendo um turboélice Air Tractor, com capacidade para 1,5 mil litros de água, e um Embraer Ipanema, com 800 liros de capacidade. Desta vez, porém a missão foi mais rápida e perto da pista (cerca de seis quilômetros). “Cada avião fez três lançamentos de água”, ressalta o sócio-gerente da Itagro Marcos Antônio Camargo

O incêndio atingiu uma área de 30 hectares de uma fazenda e contou equipes da propriedade no combate em solo. Os aviões usaram cerca de 7 mil litros de água para eliminar as labaredas mais altas. Além disso, o vento também ajudou, virando no final da operação e soprando na direção já queimada. “Quando recebemos o chamado, chegamos a preparar um terceiro avião, que acabou não sendo necessário”, explica Camargo.

RETROSPECTO
Na operação de segunda-feira, a Itagro combateu um incêndio em 600 hectares de campo na localidade de Guaçu-boi, a cerca de 50 quilômetros no interior do município. Ali a operação também teve dois aviões, mas o trabalho aéreo foi do raiar do dia até o final da tarde. E os aviões lançaram mais de 81 mil litros de água para eliminar os focos de incêndio.

Já no dia 10 de março a Itagro havia lançado 9 mil litros de água para apagar as chamas em um ponto de difícil acesso. Isso em apoio às equipes que lutaram com um incêndio que consumiu 2,5 mil hectares. Mas a intervenção aérea foi essencial para barrar as chamas antes que chegassem a uma área de mata nativa.

[fbcomments]